Interface janela, interface espelho

useit.com

sofake.com

Dois exemplos antagónicos, num o interface é assumido, quase só, como suporte de informação. Pretende-se a sua invisibilidade, ou seja, privilegia-se o acesso à informação face à manipulação do interface.

No outro valoriza-se a interacção com o interface que se pretende visível e onde as acções do utilizador são reflectidas.

Por um lado temos a assumpção do interface enquanto janela, por onde se acede à informação, por outro, o interface enquanto espelho, onde se valoriza a manipulação. O interface enquanto artefacto digital, é espelho das acções do utilizador.

3 Responses to “Interface janela, interface espelho”


  1. 1 Ana Elisa April 15, 2008 at 12:31 am

    Olá! Gostei muito dessa síntese que você fez para as duas abordagem sobre a questão da interface. Tenho lido muito sobre design de interação e IHC, porque faço mestrado sobre a leitura na interface gráfica do computador.
    Você tem alguma referência, algum autor que vai mais a fundo nessa discussão?
    Obrigada!

  2. 2 leonel cunha April 16, 2008 at 12:35 pm

    olá, obrigado pelo comentário🙂

    Posso recomendar um livro muito interessante sobre esta questão: Windows & Mirrors de David Bolter e Diane Gromala, MitPress.
    http://mitpress.mit.edu/catalog/item/default.asp?tid=9906&ttype=2

  3. 3 beginners August 13, 2014 at 9:58 pm

    Very nice article. I certainly appreciate this site.

    Stick with it!


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s




a


%d bloggers like this: